logo-academia-site
logo-academia02
  • Slide 03
  • Slide 02
  • Slide 01
  • Slide 04

jose-cidalino-carrara

José Cidalino Carrara

Nasceu na cidade paulista de Presidente Prudente-SP, aos 10 dias do mês de junho de 1943. Filho de Luiz Carrara e Antônia Leite Carrara.

Formado em Letras, Direito e Jornalismo em de São Paulo, onde iniciou sua carreira, colaborou no tradicional jornal O Estado de São Paulo (Estadão)

Exerceu as seguintes funções: Mestre de Cerimônias e Secretário de Comunicação da Prefeitura Municipal de Cuiabá; Radialista da Rádio Comercial AM, de Presidente Prudente-SP; Secretário de Comunicação da Prefeitura Municipal de Cuiabá; Assessor de Cerimonial da Universidade de Cuiabá – UNIC; Assessor de Cerimonial da Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT; Assessor de Imprensa do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso; Assessor e Mestre do Cerimonial do Governo do Estado de Mato Grosso, por treze anos; Coordenador de Comunicação do Governo do Estado de Mato Grosso; Assessor de Comunicação da Corregedoria Geral da Justiça de Mato Grosso; Diretor de Jornalismo da Rede Mundial de Rádio e TV; Apresentador dos canais 20 e 27 de TV, em Cuiabá; Apresentador de jornal na TV Bandeirantes e na Rádio Difusora; Diretor de Jornalismo e apresentador de programas na Rede Mundial de Rádio no programa Verdade, da TV Rondon; Professor na Universidade de Cuiabá – Unic, no Instituto Cuiabano de Educação - ICE e no Instituto Várzea-Grandense de Educação – IVE, tendo sido, nessa última, fundador da Faculdade de Jornalismo.
Fundadiy e Dirigiu as Faculdades de Comunicação em Jornalismo, Direito e Pedagogia do Instituto Varzea-Grandense de Educação – IVE.
Atuou como Mediador do 1º Debate Eleitoral com os candidatos a prefeito de Várzea Grande. O evento foi realizado no dia 19 de agosto de 2010, promovido pelo jornal e site Várzea Grande Notícias, em parceria com o Várzea Grande Tênis Clube.

Pelos seus méritos, recebeu as seguintes insígnias:

- Cidadão Mato-Grossense, outorgado pela Assembleia Legislativa do Estado
- Medalha do Mérito do Poder Judiciário, outorgada pelo Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso
- Medalha de Comunicação, conferida pelo Instituto Latino-Americano de Educação e Comunicação e Medalha do Mérito Marechal Rondon.

Bibliografia

Prefaciou as seguintes obras: A Justiça é a Esperança, do Juiz de Direito Abel Balbino Guimarães; Fragmentos da Realidade, do professor Noel Alves Constantino ; Pantanal um pedaço do Brasil, de José Achilles Tenuta; Passos de um missionário, de José Ferreira de Freitas; Opinião - texto publicado no livro Trancas e Tramelas, Contos do Cerrado e Pantanal Mato-Grossense, de Moisés Mendes Martins Júnior.

Publicou Inúmeros artigos sobre política e educação, em diversos periódicos, e em livro: Conflito entre o Poder Judiciário e a Imprensa; Cerimonial e Cerimônias - Manual Prático e Comunicação Jurídica.

 

Últimas Fotos

Show de Samba na Varanda da AML
A Academia Mato-grossense de Letras recebeu mais de 300 convidados para o show de música popular brasileira.

 

Novos Acadêmicos
Jantar em comemoração a eleição dos quatro novos acadêmicos que assumirão as cadeiras vagas da AML.

titulo historia em imagens

jose-de-mesquita

José de Mesquita

Esse é José de Mesquita, fundador da Academia Mato-Grossenses de Letras. Mesquita era filho do jurista, abolicionista de mesmo nome. Foi desembargador e dirigiu o Tribunal de Mato Grosso por 10 anos, assim como a própria AML por 40 anos. Com uma produção surpreendente, correspondeu-se com outras instituições culturais e academias de letras pelo Brasil.

blog-pedro-juca