logo-academia-site
logo-academia02
  • Slide 03
  • Slide 02
  • Slide 01
  • Slide 04

Therezinha de Jesus Arruda doa acervo para a Casa Barão de Melgaço

therezinha01Profa. Therezinha de Jesus Arruda frente ao acervo doado. Foto Sueli Batista

Na manhã de 28 de outubro de 2017, a Casa Barão de Melgaço foi enriquecida com a doação do acervo bibliográfico de Therezinha de Jesus Arruda, historiadora e produtora cultural cuja vocação foi sempre estabelecer estreita relação entre o Brasil e Mato Grosso com a América Latina. Acumulado desde a década de 1960, o conjunto de obras foi dividido em 4 campos temáticos: América Latina, com especial produção sobre Cuba, onde a historiadora residiu e atuou no campo cultural; Brasil, cuja coleção inclui obras raras e hoje esgotadas, além de coleções referentes à trajetória brasileira; Mato Grosso, contendo obras raras sobre a produção bibliográfica referente ao contexto histórico mato-grossense; e Obras Gerais, incluindo a expressiva coleção no campo da Ciência e Sociologia Política, além de coleções de consulta geral.

therezinha02bPresidente do IHGMT manuseando acervo de MT e agradecendo a preciosa doação. Foto Anna Maria R. M. da Costa   

therezinha04Dra. Nileide Souza Dourado saudando em nome do NDIHR. Foto Anna Maria R. M. da Costa.   therezinha05Presidente da AML agradecendo a recepção do acervo. Foto Anna Maria R. M. da Costa

A coleção está, no momento, sendo catalogado, a partir do que a Profa. Therezinha de Jesus Arruda irá assinar o Termo de Doação para que essa preciosa biblioteca seja adicionada ao acervo da Casa Barão de Melgaço. A iniciativa coube ao Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso, por intermédio de sua Presidente, Elizabeth Madureira Siqueira, assim como contou com o apoio da Academia Mato- Grossense de Letras, na pessoa de sua Presidente Marília Beatriz de Figueiredo Leite, as quais, atendendo um pedido da doadora, providenciaram a recolha do acervo, sua separação por áreas, colocação nas estantes e inauguração da biblioteca.

 

Temos certeza de que as obras ofertadas servirão para pesquisa daqueles que investigam sobre a América Latina, Brasil e também Mato Grosso e Ciência Política, visto a preciosidade e a quantidade de livros que versam sobre as temáticas.

therezinha06Irmã de Therezinha, D. Maria, na cerimônia, ao lado da homenageada. Foto Anna Maria R. M. da Costa

Na cerimônia de inauguração, merece destaque, a presença da irmã mais velha de Therezinha, D. Maria, progenitora do Ministro e Governador Dante Martins de Oliveira, de saudosa memória, acompanhada de familiares. Fizeram uso da palavra, inicialmente, a Presidente do IHGMT que discorreu sobre o acervo e sua relevância para o universo da pesquisa, agradecendo a Profa. Therezinha de Jesus Arruda, pela preciosa doação. Em seguida, o Núcleo de Documentação e Informação Histórica Regional - NDIHR, representado pela historiadora Dra. Nileide Souza Dourado, homenageou-a relembrando o papel importante, desempenhado pela doadora, no momento de constituição desse Núcleo, ainda na década de 1970, sobrelevando seus esforços no sentido de estabelecer projetos de âmbito nacional e internacional, voltados para a preservação da memória mato-grossense, tendo sido responsável pela introdução, na UFMT, das primeiras máquinas de microfilmagem. A seguir, fez uso da palavra Antônio Carlos Garcia, que relembrou um importante projeto desenvolvido na preservação da cultura ribeirinha, ocasião em que foi produzido um vídeo sobre as Usinas de Rio Abaixo. Encerrando, a Presidente da AML agradeceu a Profa. Therezinha pela preciosa doação, destacando sua contribuição no campo das artes e da cultura de Mato Grosso. A atual Secretária Geral da AML, Sueli Batista, destacou a Profa. Therezinha de Jesus Arruda, como Personalidade da Semana.

 therezinha07

Os convidados, após apreciar a biblioteca, cumprimentaram a doadora, família e amigos, durante um coquetel.

therezinha08Profa. Therezinha de Jesus Arruda segurando livro de sua autoria. Foto Sueli Batista

A Profa. Therezinha de Jesus Arruda ofereceu aos presentes seu livro América e os guardiões das cultura autóctones, publicado pela Editora Defanti, em 2015.

Últimos Vídeos

Cidade em Arte - Marília Beatriz Leite
 
videos-leitura-em-dia-600x320
O quadro "Leitura em dia", do Jornal da Assembleia, traz dicas de leitura para os telespectadores.
 

Últimas Fotos

Show de Samba na Varanda da AML
A Academia Mato-grossense de Letras recebeu mais de 300 convidados para o show de música popular brasileira.

 

Novos Acadêmicos
Jantar em comemoração a eleição dos quatro novos acadêmicos que assumirão as cadeiras vagas da AML.

titulo historia em imagens

jose-de-mesquita

José de Mesquita

Esse é José de Mesquita, fundador da Academia Mato-Grossenses de Letras. Mesquita era filho do jurista, abolicionista de mesmo nome. Foi desembargador e dirigiu o Tribunal de Mato Grosso por 10 anos, assim como a própria AML por 40 anos. Com uma produção surpreendente, correspondeu-se com outras instituições culturais e academias de letras pelo Brasil.

blog-pedro-juca