logo-academia-site
logo-academia02
  • Slide 03
  • Slide 02
  • Slide 01
  • Slide 04

A Morte de Totó Paes

capa-a-morte-de-toto-paesClique para abrir em PDF

Autor: Alfredo da Mota Menezes

Totó Paes ou Antonio Paes de Barros foi morto em 1906, quando governava Mato Grosso. Sua usina de açúcar, Itaicy, era a mais bem aparelhada do estado na época. Sua morte é até hoje motivo de acesos debates. O livro procura entender por que se chegou àquele desfecho. A busca do autor foi pelos fatos políticos em que estavam envolvido o estado, desde a proclamação da República, em 1889, até a morte do governador.

Antologia Poética Mato-Grossense

capa-cd-antologia

Poética do mato

Eis uma amostra da poética mato-grossense. O trabalho da acadêmica Cristina Campos buscou contemplar autores, períodos literários e estética textuais. No presente encarte, há petiscos de poesia para todos os paladares. Autores ligados ou não à Academia Mato-grossense de Letras estão aqui reconhecidos e divulgados, gratuitamente, um mecenato do qual nos orgulhamos de poder realizar. Convidamos o ouvinte a multiplicar esse precioso conhecimento e a comungar com o silêncio para um mergulho na alma mato-grossense.

Casa Barão de Melgaço, 23 de junho de 2015.

Eduardo Mahon
Presidente da Academia Mato-grossense de Letras

Flores ao sabor dos ventos

Desafio lançado pela Academia Mato-grossense de Letras, missão de garimpagem aceita com alegria: pincelar textos de poetas mato-grossenses para compor um CD a ser gravado em áudio, com o fito de divulgar a rica produção literária de nosso Estado, ainda desconhecida de muitos. Este primeiro volume comportou 73 autores, com poemas de formas e temas variados, à escolha do ouvinte. Espero que o contato com a poisis traga harmonia e êxtase às almas-lares de todos.

Cristina Campos

Leia mais...

Nossas vozes, nosso chão

livro-nossas vozes nosso chaoClique para abrir em PDF

Autor(es): Rosana Rodrigues da Silva, Marta Helena Cocco, orgs.

Nossas vozes, nosso chão é o segundo volume de antologia poética comentada, de autoria de um grupo de pesquisadores universitários, movidos pela necessidade de produzir material didático que contemple a poesia produzida em Mato Grosso, sob a perspectiva de análise de aspectos estruturais e culturais.

A intenção é que os textos não se dirijam apenas a estudantes de Letras de graduação e pós-graduação, mas que possam servir de material de apoio aos estudantes de ensino médio.

Nesta edição, enfatizamos a produção do início e de meados do século vinte.

Leia mais...

Últimos Vídeos

Cidade em Arte - Marília Beatriz Leite
 
videos-leitura-em-dia-600x320
O quadro "Leitura em dia", do Jornal da Assembleia, traz dicas de leitura para os telespectadores.
 

Últimas Fotos

Show de Samba na Varanda da AML
A Academia Mato-grossense de Letras recebeu mais de 300 convidados para o show de música popular brasileira.

 

Novos Acadêmicos
Jantar em comemoração a eleição dos quatro novos acadêmicos que assumirão as cadeiras vagas da AML.

titulo historia em imagens

jose-de-mesquita

José de Mesquita

Esse é José de Mesquita, fundador da Academia Mato-Grossenses de Letras. Mesquita era filho do jurista, abolicionista de mesmo nome. Foi desembargador e dirigiu o Tribunal de Mato Grosso por 10 anos, assim como a própria AML por 40 anos. Com uma produção surpreendente, correspondeu-se com outras instituições culturais e academias de letras pelo Brasil.

blog-pedro-juca